A temperatura é um fator extremamente decisivo quando nos referimos ao óleo diesel. Quando o combustível é armazenado, estudos são realizados para que ele não fique exposto a altas temperaturas dentro do tanque, já que isso pode ser extremamente prejudicial, mas e as temperaturas baixas, também são um problema?

 

Sim! O frio pode ser tão prejudicial quanto o calor em excesso. Isso ocorre porque as mudanças climáticas podem influenciar o comportamento do diesel em motores, principalmente em épocas onde as temperaturas são tendenciosas a cair, como o inverno.

 

Continue acompanhando esse artigo para conhecer os cuidados com o diesel em baixas temperaturas.

Por que o diesel congela?

 

A maior consequência do extremo frio é o congelamento do diesel. Isso acontece devido a composição do combustível. O diesel tipo A, possui destilados médios compostos de petróleo, porém o diesel B, comercializado e utilizado nos maquinários e veículos, possui 12% do biodiesel em sua composição, para evitar impactos ambientais. Essa adição deixa o diesel mais frágil a baixas temperaturas, o tornando mais propício a congelar.

 

Quimicamente falando, a queda brusca de temperatura é responsável pela cristalização de ésteres graxos saturados presentes no biodiesel, além de cristalizar os hidrocarbonetos saturados, presentes do diesel. Portanto, a junção desses dois combustíveis tende a congelar e formar cristais parafínicos, que são prejudiciais no desempenho do motor.

 

Veja alguns problemas causados pelo congelamento do diesel:

 

– Dificuldade para a combustão acontecer;

 

– Prejudica a fluidez do óleo diesel;

 

– Entupimento dos filtros;

 

– Falhas na ignição;

 

– Perda da potência do motor;

 

– Parada total.

 

As consequências não param por aí. É preciso se prevenir e conhecer as medidas preventivas mais eficazes para épocas frias do ano.

Existe algum diesel pronto para o frio?

Sim. Formulações específicas podem ser criadas para garantir que o diesel mantenha as suas propriedades em temperaturas de frio rigoroso, de -10 °C a -15 °C, dependendo da formulação.

Com isso, é possível reduzir o Ponto de Entupimento de Filtro a Frio (PEFF) e diminuir o entupimento dos filtros.

Além disso, os custos de manutenção são reduzidos, uma vez que o combustível utilizado é adequado para rodar em locais de clima de um dígito ou menos.

Mesmo com a formulação obrigatória de biodiesel exigida pelo Governo, estes combustíveis continuam sendo confiáveis e bastante preparados para encarar qualquer cenário climático no Brasil.

Previna-se

Outra solução para ajudar nesta situação é a adição de um aditivo no combustível que possa impedir que o combustível congele. O produto escolhido para essa função também deve atuar caso o problema já estiver presente.

Não se esqueça de adquirir também um combustível de qualidade. Para essa tarefa, você pode contar com os nossos serviços e produtos. Trabalhamos há 65 anos no mercado de TRR (Transportador, Revendedor e Retalhista) de derivados de petróleo. Entregamos em domicílio o combustível que move a sua empresa, frota, geradores e maquinários. Fale conosco.